Espaço Luiz Jardim

CONTOS DOS ANOS DOURADOS

Quando Garanhuns elevou-se à cidade, aqui já moravam estrangeiros e parentes vindos da Europa.
Com a chegada do mês de dezembro, as famílias mandavam cortar um pinheiro na floresta (que aqui haviam muitos) e replanta-lo na cidade. Ao longo dos dias iam decorando os pinheiros com presentes. Ao mesmo tempo que haviam feiras e passeios ao largo da Catedral. No dia 24 de dezembro, véspera de Natal, as árvores eram acesas e logo depois as famílias seguiam para a Missa do Galo.

Na decoração do Marco Zero, estão presentes as madames com seus vestidos imponentes e seus cachorrinhos, os homens com seus chapéus e gravatas borboleta, além da grande árvore de Natal acesa pela família e rodeada de fotos antigas de Garanhuns.

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter

Contato

© Site desenvolvido pela SECOM / SECULT da Prefeitura Municipal de Garanhuns. 

-2021-